Capoeira na expectativa de resultado de processo seletivo

Após avaliação documental e entrevista, os (as) 47 profissionais de capoeira que se habilitaram no processo seletivo de Educadores Sociais da Secretaria Municipal de Educação da Cidade de São Gonçalo, no Estado do Rio de Janeiro, aguardam ansiosos (as) o resultado que sairá amanhã, dia 23/02.

capoeira_edital_maos_dadas_guia_da_capoeira
Roda de Capoeira foi o destaque do lançamento do programa Mãos Dadas da Secretaria de Educação de São Gonçalo/RJ

O credenciamento dos educadores sociais selecionados para cadastro no programa “Mãos Dadas”, em cinco dias inscreveu 670 interessados, sendo que, destes, apenas 378 foram habilitados para a segunda fase, onde deveriam comprovar as habilidades alegadas para preenchimento do cargo pretendido.

Segundo a Coordenadora de Educação Integral, Shirlei Victorino, a intenção da Secretaria é encontrar educadores sociais em cada comunidade para que eles possam realizar oficinas nas escolas próximas de onde moram e facilitar, assim, a identificação e a aproximação entre os alunos.

“Este é um modelo de educação que não significa horário integral, e sim educação ampla”, ressaltou o secretário de Educação, Cláudio Mendonça.

A Liga Gonçalense de Capoeira, entidade de administração de Capoeira da cidade foi convidada pela Secretaria Municipal de Educação para participar do processo seletivo, sendo representada pela Professora Celi Santana, que com profissionalismo atuou em todo o processo durante os dois dias de entrevistas.

Com informações do site da Prefeitura Municipal de São Gonçalo

Foto: Mestre Paulão Kikongo


Escreva um comentário e participe!

comentários