Recebemos por e-mail e estamos divulgando aqui para nossos (as) leitores (as) informações sobre o encontro ocorrido no Palácio Guanabara

Mestre Paulão Kikongo
De Mestre Paulão Kikongo dezembro 19, 2008 22:36

Recebemos por e-mail e estamos divulgando aqui para nossos (as) leitores (as) informações sobre o encontro ocorrido no Palácio Guanabara

Estimados/as amigos/as da "Roda virtual",
Conforme mensagem mais abaixo, havíamos firmado o compromisso de comparecer ao evento do dia 15 de dez., no Palácio Guanabara, do governo do Rio de Janeiro, visando reportar para a Roda, considerando as questões que apareceram.
Estive com o computador em "crise" por 3 dias e, agora retornando, não verifiquei qualquer mensagem de algum/a Capoeira que tenha estado no evento.  Assim, sinto-me no dever de cumprir com o que afirmei e reportar.  O mediador foi o presidente do CEDINE – Conselho Estadual dos Direitos do Negro, Paulo Roberto dos Santos (e não do COMDEDINE – Conselho Municipal de Defesa dos Direitos do Negro – como erradamente foi anotado no convite e que ainda está abaixo).
Peço desculpas pela falta de maiores detalhes, pois divulguei o evento (apenas) como grande admiradora da Capoeira e do trabalho que cada Capoeira desenvolve.
O que vi e ouvi é conforme o relato da assessoria do Deputado Carlos Santana – que vai a seguir:

Marcha pela regulamentação da Capoeira

Em reunião realizada na segunda-feira, dia 15 de dezembro, no Palácio Guanabara, sede do Governo do Estado Rio de Janeiro, Mestres de Capoeira entregaram ao deputado federal Carlos Santana –PT/RJ um documento que ajudará os técnicos do Congresso Nacional a elaborar um Projeto de Lei (já existem três tramitando na Câmara dos Deputados), para regulamentar a profissão de Mestre de Capoeira.
Carlos Santana, que preside a Frente Parlamentar em Defesa da Igualdade Racial, se prontificou a ajudar, mas para isso, sugeriu que os capoeiristas façam uma comissão que percorra o País, para decidir quais são os pontos mais importantes para eles.
“A capoeira é uma manifestação cultural genuinamente brasileira, mas é necessário que os capoeiristas tenham mais união e ação nesse momento, deixando de lado o individualismo e pensando na Capoeira como uma instituição nacional e reconhecida internacionalmente”, destacou Santana, desafiando os capoeiristas a organizarem uma grande marcha pelo Pais todo no segundo semestre de 2009 pela regulamentação da Capoeira.
p/assessoria de imprensa: Rosangela Soares   / carlossantanapt@uol.com.br
Tentei responder a todos/as, mas tive de excluir o endereço de "capoeira-cbc"  por se tratar de "grupo" do qual não faço parte.
Forte abraço,
Saudações Capoeiras a todos/as,
Axé!
Ana

Fonte: Capoeira-CBC-Grupos


Este artigo pertence ao Portal Capoeira do Rio.
Todos os direitos reservados.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.
Mestre Paulão Kikongo
De Mestre Paulão Kikongo dezembro 19, 2008 22:36
Escreva um comentário

Sem comentários

Ainda sem comentários!

Deixe-me contar uma história triste! Ainda não há comentários, mas você pode ser o primeiro a comentar este artigo.

Escreva um comentário
Ver comentários

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*